21 de dez de 2005

Vale perguntar?

Mesmo com a língua presa se ouve de Brasília que o país nunca evoluiu tanto em termos sociais. Pode ser verdade, mas não dá pra fazer a conta de quanto custa manter tanta evolução. Educação, cultura, saneamento, habitação e saúde no Brasil parece só funcionar na base do decreto. Inventou-se o Fome Zero, mas já tinha o bolsa-escola e o bolsa-família. Havia o salário-família e o vale-transporte. Ahh! Mas agora tem o vale-gás. E o vale-energia, o Bolsa-Atleta, e o carro pipa, não vale?

Na terra do vale tudo, onde sobra gente que não vale nada, será que vale à pena?

Síndrome de Elba

Nelson Rodrigues dizia que toda unanimidade é burra. Unanimidade entre políticos além de burra é preocupante.
Depois da morte por inanição do Fome Zero, os políticos agora elegeram o Projeto de Transposição do São Francisco como a salvação das poucas lavouras que existem no Nordeste. Para que carros-pipa, se a transposição está aí desde o Império como um projeto viável?
Não sei se dá pra ser contra ou a favor. Falta informação mas não falta fé.
Que a oração do próprio São Francisco nos proteja desse projeto.

Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz e se houver maracutaia que o leve à merda.

Fecha aspas

Certa vez com alguns pinos a mais no tornozelo e muitos a menos na cabeça, tive uma idéia que me rendeu muita coisa nova, amizades, maturidade, experiências e muita história pra contar. Hoje, três anos depois, percebo a importância da dedicação e da mobilização das pessoas em torno de idéias como aquelas, sem pino.
Só assim que consigo enxergar tudo. A despeito da gostosa vaidade pelo reconhecimento de um trabalho que rendeu 9 prêmios, é na confiança e na energia das pessoas que deposito toda a alegria por estes anos de sucesso a pino.